Silvério Pessoa

DISCOGRAFIA

BIOGRAFIA

Silvério Pessoa

Silvério Pessoa chegou ao mundo com a doçura do cheiro dos canaviais de Carpina, Zona da Mata Norte de Pernambuco, a 47 km do Recife. Dona Ivete, sua mãe, era professora de acordeon – daí por que dizem ter sido acolhido uterinamente pela musicalidade! Cantos e melodias estão na sua genética. As sensações que lhes traziam o forró e o maracatu rural despertaram um tantinho mais a vocação. E daquele menino nasceria o artista.


Antes, porém, Silvério seguiria o ofício de educador. Graduação e especialização sedimentariam a trajetória desse cidadão carpinense de olho no mundo, que, na metade dos anos 90, deixaria, de uma vez por todas, a música protagonizar os capítulos seguintes de sua história. mais à frente.

O Músico

De 1994 a 2000, um mergulho profundo no movimento Manguebeat, em seu auge. Com a banda Cascabulho, Silvério Pessoa gravou o CD Fome dá dor de Cabeça, revisitando a obra do paraibano Jackson do Pandeiro.


Dedicando-se aos vocais, começou a se aproximar da forma rítimica e sincopada do mestre, com quem multiplicaria os encontros mais à frente.


Nascido e criado no meio do povo, fez de seus trabalhos uma referência à linguagem, aos modos e costumes da gente pernambucana, seja da Mata Norte, Agreste ou Sertão. Mas é a alma nordestina quem lhe norteia. E inspirações não lhe faltam nunca pra misturar ciranda com baião, forró com maracatu, com referências e reverências a grandes artistas, como o alagoano Jacinto Silva e o seu coco de roda.


Mas quem esperar de Silvério um som ultrapassado, esqueça. É essencialmente contemporâneo. Ele dialoga com rock, pop, punk e intervenções eletrônicas. Um verdadeiro sincretismo musical de tudo o que ele vê e ouve por aí, acompanhando os 8 discos gravados desde o início da carreira solo.


Um voo nada solitário pelo planeta música.



IMPRENSA

SHOWS E ASSESSORIA DE IMPRENSA:
Telefones: (81) 3269.1654 / (81) 3269.1325
Karina Hoover +55 81 99967.7815 contato@silveriopesssoa.com.br